terça-feira, 2 de dezembro de 2014

"Cuide do seu coração pois ele é fonte de vida" ou morte.

Como vimos, em Sua Palavra Deus diz sobre o Seu povo: “Darei a eles um coração não dividido e porei um novo espírito dentro deles; retirarei deles o coração de pedra e lhes darei um coração de carne” Ez 11:19
Quando entregamos nossas vidas a Deus, Ele coloca um senso de certo e errado bem no fundo da nossa consciência. Mas se nos rebelarmos contra a nossa consciência muitas vezes, o nosso coração pode ficar endurecido. Se isto acontecer, precisamos deixar que Deus quebrante o nosso coração para que possamos voltar a ser sensíveis à liderança do Espírito Santo.
Quando falamos sobre aprender a ouvir a voz de Deus, não queremos dizer simplesmente ouvir Deus nos dizer o que fazer; muitas vezes Ele nos diz o que não fazer. Em outras palavras, se estamos fazendo alguma coisa ou nos comportando de certa maneira que não agrada a Deus, precisamos discernir que Ele não está satisfeito conosco e devemos estar dispostos a consertar as coisas.
Deus transforma as pessoas. Esta é uma promessa garantida pela Sua Palavra: “Tirarei da sua carne o coração de pedra…” Ez 11:19. Como Seus filhos, Deus nos dá um coração novo – o Seu coração – e devemos aprender a usar este coração, quando o usamos somos  misericordiosos e pacientes, assim como Ele é. Ele nos dá o Seu coração para que finalmente possamos aprender a representá-Lo, fazendo o mesmo que Ele.
As pessoas que têm o coração endurecido são incapazes de se beneficiarem com as riquezas do propósito e do plano de Deus para suas vidas. Deus nos pede que não endureçamos o nosso coração, indicando que fazer isso é uma escolha da nossa própria vontade:
“Assim, pois, como diz o Espírito Santo – hoje se ouvirdes a Sua voz, não endureçais  o vosso coração como foi [na rebelião de Israel], quando Me provocaram e Me amarguraram no dia da tentação no deserto” Hb 3:7-8
Quando ouvimos a voz de Deus podemos escolher responder com humildade e confiança, ou endurecer o nosso coração e ignorar a Sua voz. Infelizmente quando as pessoas não conseguem o que querem, ou quando passam por testes e provações, muitas delas preferem endurecer o coração.
Foi exatamente o que aconteceu com os israelitas na travessia do deserto, Deus queria que eles chegasem onde queriam chegar – em Canaã – Deus queria provar o que faria por eles, e que eles poderiam confiar Nele (ver Dt 8:2-3). Ele tinha grandes coisas planejadas, mas Ele os testou primeiro para ver se eles realmente acreditariam Nele. Não permita que as provações o tornem amargo, rebelde e incrédulo; deixe que elas o tornem melhor. Em Hebreus 3:9-11, o Senhor diz:
“Onde vossos pais me tentaram, me provaram, e viram por quarenta anos as minhas obras. Por isso me indignei contra esta geração, E disse: estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos. Assim jurei na minha ira Que não entrarão no meu repouso.”.
Arrependa-se de qualquer atitude de endurecimento do seu coração da qual Deus possa estar lhe convencendo. Peça a Ele para ajudá-lo nesta área e para transformá-lo. Uma sensibilidade maior nos ajudará a ouvir a voz de Deus imediatamente com clareza. Nós nos tornamos cada vez melhores quando reconhecemos que os caminhos de Deus são mais altos que os nossos caminhos.
Joyce Meyer, em “OUVINDO A VOZ DE DEUS”
Extraído:http://salmo37.wordpress.com/2011/01/03/coracao-quebrantado-vida-abencoada/

Nenhum comentário: